fbpx

Juçara Marçal e Kiko Dinucci “Padê” – gglp014 (Lp)

R$125,00

Celebrando os 10 anos do lançamento original (2008), Padê, primeiro álbum apresentando Juçara Marcal e Kiko Dinucci juntos – proto-Metá Metá – ganha sua primeira versão em vinil, edição limitada DeLuxo com Lp 180gr e capa dura empastada gatefold com papel especial.

REF: gglp014 Categorias: , ,

Descrição

/// SAIBA MAIS

Kiko e Juçara sempre estiveram ligados à religião afrobrasileira e interessados pela cultura popular brasileira. Eles se conheceram em 2004, por meio de um amigo em comum, Ney Mesquita, muito ligado ao grupo A Barca, do qual a cantora fazia parte.
Quatro anos depois, em 2008, a cantora e o compositor/violonista gravaram Padê, um álbum construído sobre a ancestralidade africana presente nas heranças da canção popular brasileira.
Não o sabiam, mas Padê seria o ponto de partida de uma longa e prolífica parceria artística. Parceria que resultou em 2010 na formação de uma das bandas mais icônica da decada, Metá Metá.

/// PADÊ

Em língua iorubana, a palavra Padê (Pàdé) significa encontrar. Na tradição afro-religiosa (predominantemente no candomblé) Padê costuma ser a cerimônia inicial dedicada ao Orixá Exu, em que lhe são oferecidas cantigas e feitas homenagens basicamente com farofa de dendê e quartinha de água, despejados da entrada do terreiro para a rua.

Por muito tempo o Padê foi encarado como o ato de despachar Exu. Acreditava-se (e em muitos terreiros ainda se acredita) que caso o Orixá não recebesse a devida homenagem, atrapalharia todo o ritual, levando em consideração toda a perseguição policial contra as religiões de influência africana, o que tornava tal crença ainda mais plausível.

Mas retomando o sentido original da cerimônia, o Padê serve como um catalisador de energia sobre-humana, em que os fiéis evocam e pedem proteção aos ancestrais (Egunguns) e às mães ancestrais (Iyami Oxorongá), e a Exu cabe levar os tais pedidos a essas entidades, como mensageiro eficaz e fiel que é.
Ele fica ainda responsável por trazer os Deuses da África para dançar em solos brasileiros, ou seja, sem Padê não há cerimônia, ela só se concretiza se Exu for sempre o primeiro a receber as homenagens.

/// TRACKLIST

A1. PADÊ (Kiko Dinucci) 2:21
A2. SÃO JORGE (Kiko Dinucci) 3:02
A3. MACHADO DE XANGÔ (Kiko Dinucci / Fabiano Ramos Torres) 3:39
A4. ATOTÔ (Kiko Dinucci) 3:04
A5. JATOBÁ (Juçara Marçal / Lincoln Antonio) 3:23
A6. CABOCLA JUREMA (Candeia & Nina Alvarenga) 3:53

B1. ENGASGA GATO (Kiko Dinucci/Fabiano Ramos Torres) / CASA BARATA (Domínio Público) 3:26
B2. SAMBA ESTRANHO (Paulo Padilha) 4:05
B3. VELHA MORENA (Luiz Tatit) 1:38
B4. IMITAÇÃO (Batatinha) 3:13
B5. BATUQUE PARA NEY (Lincoln Antonio / Walter Garcia) 3:11
B6. BATE BAÚ (André Bueno) / CORUJA BATUQUEIRA (André Bueno) 2:34

Informação adicional

Peso 263 g
Dimensões 34 × 34 × 3 cm


Produtos exclusivos

Categoria especial de produtos